produtos-aprovados

ABO aposta na qualidade de produtos com Selo Aprovado ABO

Pioneiro em certificação e normalização, o Selo ABO possui mais de 200 produtos odontológicos com sua chancela. Com métodos de avaliação cada vez mais minuciosos e rígidos, garante qualidade à população e ao mercado. Atual gestão da entidade criou nova modalidade e aperfeiçoou o modelo

Desde 1985, a ABO possui um programa pioneiro de certificação e normalização que exige das empresas maior qualidade em seus produtos odontológicos: trata-se do Selo ABO, que hoje é reconhecido pela população e pelo mercado como um indicador de confiabilidade e qualidade. São mais de 200 produtos – entre escovas, fios dentais, dentifrícios, enxaguatórios bucais, gomas de mascar, além de outros – que ostentam a chancela da entidade em seus rótulos como reconhecimento da sua qualidade e atestado de sua conformidade com as especificações do fabricante.

O Selo é concedido mediante avaliação do Departamento de Análise de Produtos Odontológicos (Dapo), formado por pesquisadores ligados à Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e à Universidade de São Paulo (USP). No ano passado, o Dapo aprimorou seus processos de normalização e certificação, e criou novos selos de qualidade. Os métodos de avaliação tornaram-se mais minuciosos e rígidos, observando também as embalagens dos produtos e outros elementos e oferecendo mais garantias ao consumidor final e credibilidade às marcas certificadas. Também foi ampliado o rol de produtos que passam pela análise técnica de qualidade da ABO, incluindo itens de uso específico e equipamentos odontológicos, que agora possuem selo próprio.

O Selo ABO acompanhou um processo de normalização crescente no setor odontológico brasileiro. À época de sua criação, a normalização começou a ser uma exigência do mercado, e os fabricantes começaram a se preocupar mais em adequar sua produção e seus produtos dentro de parâmetros qualitativos e com preços competitivos.

O processo de normalização da ABO segue programa internacional, com diretrizes do Comitê Técnico de Odontologia da Organização Mundial de Normalização (ISO/TC 106), órgão responsável pela normalização de produtos odontológicos em nível mundial. O trabalho realizado pelo Dapo revolucionou os mecanismos de análise em higiene bucal ao desenvolver equipamentos para novos tipos de ensaios, específicos para as necessidades do mercado nacional, e garantindo precisão, autenticidade e confiabilidade aos resultados obtidos.

Selo Premium
Em 2011 foi criado o Selo Premium, voltado a produtos que ofereçam benefícios ao consumidor superiores à média disponível no mercado. Com isso, a ABO dá um salto em sua interface com a iniciativa privada e o consumidor ao oferecer a marcas diversas do setor odontológico a possibilidade de comunicar credibilidade aos seus clientes.

Como solicitar o Selo ABO
As empresas do setor odontológico interessadas em encaminhar seus produtos para a avaliação do programa de certificação da ABO devem enviar carta à ABO Nacional solicitando que o produto, fabricado ou comercializado no Brasil, seja analisado. Também é preciso enviar estudos já realizados sobre o produto, com análises, pesquisas e formulação, além de informações adicionais que houver. São necessárias, em média, 12 a 24 unidades de cada versão do produto para os ensaios.

Após o envio do material, o Dapo firma um protocolo de pesquisa com a empresa solicitante. O período de ensaios dura entre 30 e 60 dias. Caso sejam encontrados problemas e irregularidades no produto durante os ensaios, a empresa é avisada e são fornecidas a ela informações técnicas necessárias para seu aperfeiçoamento e posterior análise. Também, durante a vigência do contrato, podem ser realizadas avaliações periódicas para garantir a qualidade do produto. Se o produto é aprovado, a empresa fabricante obtém o direito de usar o Selo ABO na embalagem ou na apresentação.

Mais informações sobre o Selo de Qualidade ABO

Fones: (31) 3261.9469/8307.1080 – Sr. Carlos Alberto

E-mail: tesourariageral.abo@gmail.com
Portal ABO: www.abo.org.br 

Nenhum Comentário